terça-feira, maio 21, 2013

5 coisas que arrependo não ter feito

Tenho 35 anos. Não estou velha, estou mais velha. Com este sentimento vêm ideias e sentimentos muito mais rapidamente, com uma força esmagadora, por vezes com um desespero maior, por ter receio de não ter mais oportunidade de mudança.
Arrependo-me não ter sido o que sempre quis ser. Professora de inglês. Sempre foi o meu talento, letras e línguas, neguei-o até ao fim. Lamento muito ter-me contrariado e ser hoje o reflexo de algo que nunca quis ser.
Lamento nunca ter contado a verdade aos meus pais.
Lamento não ter concorrido para os quadros da Força Aérea. Eu era feliz e joguei tudo fora.
Lamento não ter rasgado o meu bilhete de avião quando meti na cabeça que este pais era a solução.
Lamento nunca ter demonstrado ao Pedro que ele sempre foi importante para mim e que o amor que lhe tinha nunca desapareceu. Eu apenas pensei sempre que o dele não existia e doía demais assumir parte de fraca como sempre o fiz.
Não posso alterar algumas coisas. Outras não sei por onde começar. Vivo por viver.